Área restrita para imobiliárias

login

Notícias

Índice aponta Umuarama entre as 100 melhores cidades para investimentos

  • Heloiza Vieira
  • 4 de nov de 2019
Índice aponta Umuarama entre as 100 melhores cidades para investimentos

Pelo quinto ano consecutivo a Capital da Amizade está no ranking das melhores cidades do país para negócios. O índice foi divulgado pela Revista Exame no fim do mês de outubro e aponta Umuarama entre as 100 cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes que oferecem as melhores condições para investir e empreender. 
 
O ranking aponta ainda outro importante resultado: Umuarama aparece como 7ª cidade do Paraná para investimentos. O Índice é realizado pela consultoria Urban Systems, que leva em consideração o PIB (Produto Interno Bruto) per capita, a evolução das exportações, a despesa per capita anual com educação e com saúde, entre uma série de critérios. 

“Os números nesses quesitos mostram a força da nossa economia”, comentou o prefeito Celso Pozzobom. Ele cita que, no grupo das 100 melhores cidades do país, Umuarama tem um PIB per capita médio de R$ 45.430,00 por habitante/ ano e registrou um crescimento médio de 18% nas exportações (23% nas 10 melhores cidades). 

“Não estamos muito distantes das melhores cidades do país. Este indicativo é muito importante para mostrar que estamos no caminho certo, fazendo o melhor na administração pública para que a economia avance com confiança e solidez, e a pesquisa está aí para comprovar”, completou Pozzobom. 

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Douglas Bácaro, lembra que no ranking deste ano houve um alinhamento de posições e Umuarama ocupa agora a 88ª colocação entre as 100 melhores. Algumas cidades paranaenses deixaram o ranking e a maioria perdeu posições. 

“Hoje temos apenas 8 cidades paranaenses na lista e somente Araucária manteve a colocação (19º). Todas as outras recuaram um pouco, a exemplo de Umuarama, mas é muito importante permanecer neste ranking, que dá projeção para a cidade e divulgação nacional, ajudando a atrair atenções e investimentos, ainda mais com as melhorias estruturais em curso na cidade e a operação comercial do no aeroporto, nos próximos meses”, avaliou o secretário. 

Bácaro destacou que para estar no ranking as cidades precisam de ótimos indicadores – são 5,5 mil municípios no país – nos setores sociodemográfico, econômico, financeiro, de saúde, educação, transportes e infraestrutura. A consultoria analisa 27 diferentes indicadores, atribuindo diferentes pesos (conforme a importância e a atualidade). 

Conforme a pesquisa deste ano, a cidade paranaense melhor posicionada foi Curitiba (12º lugar), seguida de Araucária (19º), Maringá (21º), Cascavel (53º), Toledo (60º), Londrina (73º), Umuarama (88º) e Guarapuava (98º). Outras cidades de médio e grande porte do Paraná, como Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu, Colombo e Paranaguá caíram de posição e não apareceram no ranking deste ano da revista “Exame”.

Buscar

Faça uma pesquisa mais detalhada neste campo de pesquisa abaixo!